Casa cheia de Provisão

Texto Base Jo 4.1-30

A Pirâmide de Maslow, é uma teoria sobre as motivações humanas.

Ele acreditava que toda ação humana é motivada por uma ou várias necessidades. Segundo ele, existem cinco principais grupos de necessidades.

Na representação de pirâmide da Hierarquia de Necessidades, as necessidades mais básicas ficam embaixo, enquanto as mais complexas ficam em cima. A ideia é que as pessoas escalam essa pirâmide conforme vão atendendo suas necessidades.

 

1-Fisiológicas ou básicas

São as mais primitivas e as primeiras a serem atendidas. Elas representam as coisas que o seu corpo precisa para funcionar, como oxigênio, água, comida, sono, descanso, conforto físico, moradia.

 

2- Segurança

Estão relacionadas com a proteção do eu, como ordem, estabilidade, garantias, amparo legal, orientação precisa, segurança no trabalho, estabilidade. São as necessidades de estar fora de perigo.

 

3- Sociais ou afetivas

Representam a necessidade humana de interagir com outros humanos. São necessidades como ter amigos, compartilhar a própria intimidade, trocar carinho, bom clima, respeito, aceitação, interação com colegas.

 

4- Estima ou status

Estão relacionadas a sentir-se bem consigo mesmo. Entre elas estão a necessidade de ser reconhecido pelas próprias qualidades e de ter o respeito dos grupos dos quais faz parte. Ser gostado, reconhecimento.

 

5- Auto realização ou realização pessoal

É quando a pessoa alcança a plenitude consigo mesmo e com o mundo, e então dedica-se a buscar crescimento pessoal e a realizar seus objetivos de vida. É quando supera desafios mais complexos, autonomia

Maslow acreditava que poucos, cerca de um a cada cem, conseguiam se auto realizar.

 

O ENCONTRO DE CRISTO COM A MULHER

O encontro de Cristo com a mulher samaritana demonstra que ele se importa com as nossas necessidades.

Revela que apenas ele é plenamente capaz de provê em nossa vida tudo o que precisamos.  

Gn 22.14 Ele é nosso provedor. Jeová Giré.

Fl 4.19 O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades, por Cristo Jesus.

 

1-PROVISÃO FISIOLÓGICAS OU BÁSICAS

Jo 4.6,7 A samaritana estava com sede. Jesus aparece para sacia-la.

As necessidades básicas de pão, agua, são supridas por Deus em nossa vida.

O trabalho é apenas um meio. O dinheiro é outro.  A fonte provedora é Jeová Giré.

Ele disse: não andeis ansiosos pelo que haveis de comer ou beber.

É necessidade, mas não é fator de preocupação.

A necessidade física é suprida com elementos físicos. A necessidade espiritual é provida de forma espiritual.

Jesus disse à mulher. Se você beber da água desse poço ou de qualquer outro, terá sede de novo, mas se beber da água que eu lhe der um rio fluirá de você.  

 

2- PROVISÃO DE SEGURANÇA

Jo 4.16,17 Não tenho marido.

Ter marido naquela época significava segurança. Por isso ela se casou tantas vezes.

 

O cristão é alvo constante dos ataques mortais dos inimigos. Se o Senhor permitisse, há muito teríamos sido tragados da terra dos viventes. Mal começa a vida, começa o perigo.

 

Vivemos ameaçados por assaltos, acidentes, doenças, injustiças, perdas de pessoas queridas, perdas de empregos e posses. Além destes perigos mais individuais, há os coletivos: aquecimento global, epidemias, catástrofes, ventanias e a incerteza do futuro. Não há como ter sensação de segurança. Hoje 10% da população sofre com algum tipo de fobia. 

 

DIANTE DAS AMEÇAS NÓS TRAÇAMOS PLANOS PARA NOS PROTEGER:

→ Dos ladrões (cerca elétrica, alarme, seguros, cão de guarda).

→ Dos acidentes (limite de velocidade, equipamento de proteção no trabalho, piso ante derrapante).

 

Você está protegido porque deus planejou estar:

À sua frente (Mq 2.13). Atrás (Is 52.12). À direita (Sl 16.8). À esquerda (Jó 23.9). Acima (Dt 4.39; Nm 9.17) Em baixo (Dt 4.39). Ao redor de (Jó 1.10) Proteção em todos os lados.

 

3- PROVISÃO SOCIAIS OU AFETIVAS

Jo 4.17,18 A mulher queria se sociabilizar. Casou seis vezes

Jo 4.7 veio uma mulher. Ela estava só. Não tinha companhia na busca pela água.  Era desprezada.

 

Ela ia só porque não era aceita. Era tida como gente desprezível.

Ser aceito é condição social exigida para a gente ser feliz.

 

Muita gente aqui rejeitada.

Jesus não te rejeita. Ele acolhe. Os discípulos ficam impressionada dele conversar com uma mulher estranha. A própria mulher fica maravilhada dele conversar com uma samaritana.

Ele diz para ir a ele as crianças. Os leprosos, cegos, surdos, endemoninhados. Todos são acolhidos.

 

Jesus não é xenófobo. Ele não é preconceituoso, ele não é exclusivista.

Ele não fundou um clube social onde deveríamos preencher certos requisitos para participar. Ele não inaugurou uma religião. Ele fundou a igreja santa, sem mácula. Pura.

Na igreja de Jesus a comunhão é tanta que ninguém se sente peixe fora d`água. 

Aqui ninguém se sente não pertencente.

 

Na presença de Jesus estamos diante de um amigo.

Nossos laços sociais com ele são sobrenatural. 

 

4- ESTIMA OU STATUS

Jo 4.18 uma mulher abandonada maritalmente por cinco vezes. A auto estima dela estava lá embaixo.

A auto estima está relacionada ao ser gostado. Sentir se bem consigo mesmo. Olhar no espelho e se amar.

Será que ela se culpava por ter se divorciado cinco vezes. Será que não gostava do que via no espelho. 

 

A gente só se sente bem consigo mesmo quando estamos de bem com Deus.

A mulher buscava suprir a necessidade de autoestima buscando o amor dos homens. Mas só sentiu bem consigo mesma quando encontrou com Jesus.

 

Não é o espelho, outras pessoas, seu look ou qualquer outra coisa que pode te fazer se sentir bem.

O encontro com Jesus é que levanta sua auto estima. 

 

Os homens apenas a usaram. isso a arrasou por dentro.

Jesus a valorizou. Ela se animou. Foi a primeira vez que alguém se aproximou dela sem segundas intenções.

Você só se sente bem quando é perdoado. Quando confessa os pecados. Quando tem comunhão com Deus.

 

5- AUTO REALIZAÇÃO OU REALIZAÇÃO PESSOAL

Jo 4.28-30 ela deixou o cântaro e foi a cidade anunciar Jesus.

Ela encontrou seu propósito de vida.

O propósito define o que você faz e o que não faz. Você prioriza suas atividades diárias de acordo com o seu propósito de vida, evitando se estressar e desgastar com coisas sem importância. Sua vida fica dirigida rumo ao caminho certo.

 

Outro fator importante numa vida definida é que sabendo para onde se quer ir, a vida se torna entusiasmada. Você está sempre estimulado a alcançar o objetivo de Deus para sua vida.

 

Você não vive pensando apenas no tempo vivido na terra, mas se prepara diariamente para a eternidade.

Você não foi colocado aqui na terra para deixar um legado e ser lembrado depois de sua partida.

Você está aqui para se preparar para a eternidade.   

 

a - Quem sou eu?

Normalmente as pessoas não podem responder esta pergunta. Nós imitamos, vestimos, falamos como outras pessoas. Porque não sabemos quem somos. Quem sou eu é uma pergunta sobre identidade.

 

b - De onde eu venho?

Esta é uma pergunta difícil. Cientista tem tentado responder esta pergunta por centenas de anos. Milhares de anos. A raça humana tem tentado responder esta pergunta. A inteligência humana tem concluído que viemos dos macacos. A segunda pergunta é sobre a nossa fonte

 

Pois absolutamente tudo, nos céus e na terra, ...começaram nele e nele encontram seu propósito (Cl 1.16).

 

A questão não é você. Você não descobrirá de onde veio olhando para dentro de si mesmo. Você não criou a sim mesmo, logo não há como dizer a sim mesmo para que foi criado.

Você deve começar por Deus. Você só existe porque Deus quer que você exista.

 

c- Porque estou aqui?

Porque vim a esta terra. Qual o objetivo de minha existência. É uma pergunta sobre propósito.

 

Somente em Cristo descobrimos quem somos e o propósito de nossa vida. Muito antes de termos ouvido falar de Cristo Ele já tinha seus olhos sobre nós, já havia planejado para nós uma vida gloriosa (Ef 1.11).

Deus já pensava a seu respeito muito antes de você pensar a respeito dele.

 

Eu sou o seu criador. Você estava sob os meus cuidados mesmo antes de nascer (Isaias 44.2)

 

d- O que posso eu fazer?

Qual a minha verdadeira capacidade. A grande maioria das pessoas vivem abaixo da sua capacidade.

Qual meu dom, que talento possuo? É uma pergunta sobre potencial.

Tu criaste todas as coisas, e é para o teu agrado que elas existem e foram criadas (Ap 4.11).

Você existe para benefício, glória, propósito e prazer de Deus.

 

e- Para onde estou indo?

É uma pergunta sobre o destino. Como será o meu futuro. Como e onde será minha eternidade.

 

A falha na teoria de Maslow é que não é possível auto realização.

O que é possível é realização do alto.

 

Buscai primeiro o reino de Deus

E terá pão, segurança, estima...

 

Pirâmide invertida

Pr. Romio S. Cardoso

Igreja Presbiteriana Independente de Ibiporã - Espaço Vida

Rua: Rodrigues Alves, 25 - Centro - CEP: 86200-000

Tel: +55 43 3158-3313