Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem.
Hebreus 11.1
 

Porque as pessoas creem?

As razões filosóficas são: Uniformidade, Coerência, Inteireza (melhor explicação de todas as provas). 

Ja as razões sociológicas são: Pais, Amigos, Sociedade, Cultura. 

Também as razões psicológicas: Conforto, Tranqüilidade, Significado, Propósito, Esperança, Identidade.

E temos as razões religiosas: Escrituras, Pastor/padre, Guru, Rabino, Líder religioso, Igreja.

 

Para algumas pessoas a fé é demonstrada três vezes por ano e de forma duvidosa, ou errada. 

Interpretam errado a frase: Nunca deixe de alimentar sua fé. Resumem sua fé a alimentação;

Jesus nasce comem panetone, Jesus morre comem bacalhau, Jesus ressuscita comem chocolate.

 

Outras pessoas exercem a fé apenas nas postagens na rede social. 

Isso é interessante, mas não suficiente. A fé que é suficiente é a exercida ajoelhado aos pés da cruz, por exempo quando no quarto da oração.

Quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e ora ao teu Pai em segredo; e teu Pai, que vê num lugar oculto, recompensar-te-á.
Mateus 6:6

 

O objeto da fé
Marcos 11.22 Disse Jesus "tende fé em Deus"
Deus é o objeto da minha fé, o alvo da minha oração. 

Não importa o tamanho da montanha, do obstáculo, do mar que preciso atravessar, minha fé está depositada em Deus e eu sei que Ele fará o melhor por mim, para mim e em mim.

 

A sujeição da fé

A fé suficiente precisa estar sujeita a vontade do autor e consumador dela (Hb 12.2). 

Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.
Hebreus 12:2

Uma fé que não submete-se a vontade de Deus, não é bíblica. É humana ou diabólica.

Mt 6.10 O próprio Cristo nos ensinou isso. "...seja feita a Tua vontade...

 

QUANTA FÉ É SUFICIENTE? 

Alguns dizem: não tenho fé suficiente. Se for do tamanho de um grão de mostarda já é suficiente!

A fé suficiente é a que me faz crer no incrível, ver o invisível e realizar o impossível.

Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, Ou seja é a convicção do que não sabemos, nem podemos mostrar ou comprovar a sua existência. É a prova das coisas que não se vêem.. . Ou seja, como a existência do objeto de fé não pode ser vista, a própria fé se coloca no lugar da prova. Sendo assim se tal coisa existe ou não, e não pode ser provar, a fé basta como prova, ao menos para quem crê.

 

A única característica humana que impressiona Deus é a fé.  

"É você o homem que tem uma fé poderosa?" perguntou um visitante ao Sr. Quarrier, diretor de um orfanato. "Não, sou um homem que tem uma fé fraca no poderoso Deus".

Esse é tipo suficiente de fé!

 

A fé é suficiente porque ela rejeita a auto suficiência. 

Se o Senhor quiser, não só viveremos, como também faremos isto ou aquilo.

Tiago 4.15

Fé não é emoção. Não depende do dia, ou de fatores externos. As emoções são variáveis conforme o dia. 

A fé, porém é constante. Não importa o que esteja acontecendo ao nosso redor, ela é invencível e imutável.

 

A fé torna-se uma ponte entre onde estou e onde quero ir –  ela é uma substância

Para Abraão a fé é suficiente para deixar sua parentela e ir onde o Senhor o direcionou.

 

Para Abraão a fé é suficiente para ele sacrificar o melhor dele (Isaque). 

 

Para Pedro a fé é suficiente para vencer o diabo (I Pd 5.9).

 

Para Paulo a fé é suficiente para salvar. (Ef 2.8).

 

A fé é suficiente para nos fazer viver.  “O justo viverá por fé” Hb 10.38.

 

A fé é suficiente para nos fazer agradar a Deus.  “sem fé é impossível a gradar a Deus” Hb 11.6!

 

I Jo 5.4 Pela fé conseguimos a vitória sobre o mundo. Sem fé a vida não tem autoridade.

 

Sem fé não há como as promessas de Deus se cumprirem em nossa vida.

Hb 3.19 Não puderam entrar na terra prometida porque não tiveram fé.

 

Para Davi a fé era suficiente para derrotar Golias.

 

Para a mulher sírio fenícia a fé era suficiente para a filha ser liberta.

 

Para Bartimeu a fé era suficiente para a cura da cegueira.

 

Nem mesmo a oração resolve quando não se tem fé. 

 

E que mais direi? Certamente, me faltará o tempo necessário para referir o que há a respeito de Gideão, de Baraque, de Sansão, de Jafté, de Davi, de Samuel e dos profetas, os quais, por meio da fé, subjugaram reinos, praticaram a justiça, obtiveram promessas, fecharam a boca de leões, extinguiram a violência do fogo, escaparam ao fio da espada, da fraqueza tiraram força, fizeram-se poderosos em guerra, puseram em fuga exércitos de estrangeiros. 

Hebreus 11.32-38

 

NÃO TINHA QUASE NADA, ALÉM DE FÉ… FOI O SUFICIENTE!

Graça e Paz.