Então respondeu Jesus: Ó mulher, grande é a tua fé. Seja feito para contigo como tu desejas.

Mateus 15.28

Todos gostariam de ouvir esta frase da boca de Jesus. É muito melhor do que os três desejos do gênio da lâmpada do Aladdin. Mas esta mulher precisou ouvir outras palavras mais duras antes, e em outro momento não teve palavra nenhuma.

 Uma mulher cananéia, natural dali, veio a ele, gritando: "Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim! Minha filha está endemoninhada e está sofrendo muito".

Mateus 15.22

ELA CLAMA

Ela tinha um pedido (minha filha está endemoninhada).Imagine a situação desse lar e o sofrimento dessa família.

Quantos pedidos temos feito a Deus e aos outros. Por quantas coisas as mulheres tem lutado na vida. Exigem respeito, compreensão, afeto, carinho.

Desejam uma casa própria, um lar amoroso. Uma família unida, filhos exemplares, um marido cristão e temente a Deus, um emprego digno, uma oportunidade de estudo, sonha em se casar, ter família.

Sempre temos e teremos um pedido a fazer. Quase nunca somos atendidos na hora. 

 Mas Jesus não lhe respondeu palavra. Então seus discípulos se aproximaram dele e pediram: "Manda-a embora, pois vem gritando atrás de nós".

Mateus 15.23

 

OUVINDO UM NÃO

Jesus não lhe respondeu. Muitas vezes a resposta aos anseios de seu coração é um silêncio (ignorada). Há um silêncio do marido também. Não é nem mencionado. 

Muitas vezes é você que tem que correr atrás. Não tem mais ninguém por você. Mesmo quando Jesus se cala, ele fala. O silêncio dele é instrução. O tempo todo Deus quer nos dizer: “Tenho algo ainda melhor para você”

 

Despede-a. Outras vezes e um cala a boca (pessoas querem te desanimar).

Se conforme com o tipo de vida que leva.

Ninguém vai perder tempo com você. Deus, menos ainda.

Seu caso é insolúvel.

A igreja e ninguém pode ajudar. 

 

Não é bom pegar o pão dos filhos e dar aos cachorrinhos. 

É como se o pastor dissesse: vou atender primeiro os membros da igreja, depois oro pelos demais. 

As vezes é um não declarado. Quantos pedidos seus não são atendidos.

Não vou dar. 

Não vou ajudar. 

Não me peça isso. 

Se vire. 

Resolva você mesma. 

O que fazer quando não somos atendidos?

PERSEVERE E RECEBE

A mulher foi gritando atrás de Jesus.  Quando ela foi ignorada, calada e a resposta foi negativa, ela perseverou.

Versículo 23 Jesus não respondeu palavra.

 A PERSEVERANÇA SÓ É NECESSÁRIA QUANDO:

→ O céu está quieto.

→ Jesus está mudo 

→ O objetivo não foi alcançado (Ninguém desliga o feijão antes dele estar cozido).

Uma cena interessante é gente correndo atrás do ônibus e o motorista não vê e arranca. Que cara de dó, desconsolo e vergonha fica a pessoa. Mas tem alguém que corre até pegar. Você já viu isso? Isso é perseverança.

 

A mulher veio, adorou-o de joelhos e disse: "Senhor, ajuda-me! "

Mateus 15.25

 

Socorre-me (Há uma identificação com a filha). O que ela queria fazia parte da vida dela, era a própria vida.

O que ela pedia era importante, ela deseja muito isso, ela insistiu porque amava a filha.

Você ama tanto a ponto de não desistir do que quer?

Você precisa tanto a ponto de insistir?

Disse ela, porém: "Sim, Senhor, mas até os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos".

Mateus 15.27

O perseverante converte a palavra de reprovação em razão para otimismo. As palavras duras que você ouve, pode te machucar, mas não devem te abater.

Até quando perseverar? Até receber.

Essa mulher não perdeu a oportunidade.

Ouviu sobre Jesus e foi atrás. E quando o viu se aproximou, agiu pela fé.

 

Ela orou. (muito mais que isso, clamou, gritou, passou vergonha). Chamou Jesus de Senhor.

Atraiu a atenção para si. Conseguiu chama Jesus para perto.

 

Uma mulher cananéia, natural dali, veio a ele, gritando: "Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim! Minha filha está endemoninhada e está sofrendo muito"

Mateus 15.22

Chamou Jesus de Senhor.

Jesus pode me chamar de amigo, mas eu me reservo ao direito de chamá-lo de Senhor.

 

Ela contou exatamente o que precisava (liberta minha filha).

Ela Perseverou.

Ela adorou (A mulher veio, adorou-o de joelhos e disse: "Senhor, ajuda-me! "

Mateus 15.25).

Ela creu (Jesus respondeu: "Mulher, grande é a sua fé! Seja conforme você deseja". E naquele mesmo instante a sua filha foi curada.

Mateus 15.28)

E por crer ela Recebeu. (Sl 37.4 o Senhor concede o desejo do coração do justo)

Graça e Paz